22 de mar de 2010

Rodox - O começo e o fim da banda

Depois de um post do Alternativa sete, blog do mais novo brother Fernando Matias, eu comecei a ouvir o som do Rodox. Essa foi a banda que o Rodolfo Abrantes criou depois que saiu dos Raimundos. Recém convertido e no gás do primeiro amor, Rodolfo se juntou com uns caras bons de som, mas em uma sintonia diferente da de Rodolfo. Ouça aí a música Cego de Jericó do Rodox no Lual MTV e se tiver afim leia abaixo como começou e terminou a banda.



[Rodox surgiu em 2001 quando Rodolfo, vocalista dos Raimundos comunicou sua saída da banda. Rodolfo, depois de sair dos Raimundos, no auge da carreira, sumiu por um tempo do cenário musical. Muitos pensavam que ele não iria mais tocar, mas por esse período ele estava compondo, tocando e gravando junto com o Dj Bob.

Tom Capone foi chamado para produzir etocar, e para a batera foi chamado o Fernando Schaefer (ex-Pavilhão 9 e Korzuz). Em cinco dias, nascia Rodox.

A banda foi rotulada por alguns como New Metal, em virtude da faixa que abre o cd, "Olhos abertos". Mas nas faixas seguintes todo mundo poderia ver hardcore. No cd também existem reggaes pesados ("Continuar de pé"), baladinhas ("Quem tem coragem não finge"), hip hop com rock ("3 reis", dividida em 3 vocais, Rodolfo, o rapper Xis, e Marcelo Falcão, do Rappa). Rodox estava nascendo, com sons que arrasam quarteirões e letras que dão conselhos, todas compostas por Rodolfo Abrantes.

Rodox saiu em turnê, fazendo shows e atraindo fãs. O cd de estréia, batizado de "Estreito", deu origem a 4 músicas de trabalho, "Olhos abertos", "Dia quente", "Quem tem coragem não finge" e "De uma só vez".

Depois de vários shows bem aproveitados pela banda, e do segundo álbum homônimo gravado, veio a notícia que Pedro Nogueira, o guitarrista da banda, anunciou sua saída do Rodox por insatisfação musical, já que hardcore não é a sua praia.

Rodox perdeu um integrante e amigo, e entrou um novo guitarrista, Marcelo, do Dick Vigarista. Tudo parecia resolvido quando Patrick Laplan (ex-Los Hermanos) anunciou também a sua saída do Rodox, afirmando não estar 100% na banda. Rodox continuou com seus shows, com Marcelo e Marcão assumindo o baixo. Com o passar do tempo rolaram muitos boatos no fórum da banda sobre uma possível reunião de Rodolfo e Canisso, que havia deixado os Raimundos. A nova música de trabalho, "Foi Bom Esperar", já contou com Canisso no clipe.

Sábado, 7 de agosto de 2004, foi realizado o último show do Rodox, no Rock in Rio Café de Salvador, na Bahia. Lá pela quarta música Fernandão literalmente "chutou" a bateria, tendo a banda inteira saído do palco. O baterista retorou algum tempo depois para pedir desculpas e comunicar que tudo estava acabado.

No dia seguinte, apareceu no fórum da banda a mensagem abaixo, creditada ao baterista Fernandão:

"O Rodolfo resolveu semana passada sair da banda pegando todos de surpresa... já estávamos com o clipe de 'Segue a Linha' pronto e 12 músicas instrumentais esperando os vocais... que nunca apareceram. Não entendíamos o porque. Todo mundo dando um puta gás e nada acontecia da parte dele. Aquela bosta que a gente fez na Bahia foi só para cumprir a agenda. Tava todo mundo muito puto. No meio do show senti que não havia sentido algum da gente estar ali e já que era para acabar a banda não tinha nada a ver ficar com tanta hipocrisia com os nossos fãs. Então, mais uma vez, minha batera foi dar um rolê pra baixo do praticável. Não tenho absolutamente nada contra o Rodolfo, só que realmente não dava mais pra banda continuar dividindo o palco com um vocalista completamente diferente de todos principalmente no que se refere a crenças, religião, gosto musical e estilo de vida... então tá tudo certo, foi bom pra todo mundo enquanto durou e agora que acabou também. Tá falado...".

Comentando o fim da banda Rodox anunciado a alguns dias, Rodolfo publicou a seguinte carta no site:

"Aos fãs e freqüentadores do site, em primeiro lugar, muito obrigado por esses anos juntos. Agradeço à Deus pela oportunidade de falar da sua preciosa palavra através das músicas do Rodox. Montei esse projeto com o objetivo de levar a mensagem de cristo às pessoas que ainda não o conheciam. Nunca usei o termo "banda gospel" por dois motivos simples:
1: O preconceito que seria uma barreira para a mensagem 
2: Por ser o único na banda a ter o evangelho como prioridade
Convidei pessoas não-crentes para fazer parte, por acreditar que elas também seriam alcançadas, o que não aconteceu. Ninguém “enfia” Jesus goela abaixo dos outros. É preciso querer e na banda infelizmente ninguém quis. Não estou acusando ninguém de nada pois da sua vida cada um dá conta. Naturalmente com o passar do tempo as diferenças se acentuaram o que gera dispersão de objetivos, comportamento, convivência, etc...
Na minha opinião, uma banda que tem atitude não é a que toca mais pesado, mais rápido ou a que tem mais cara de mau (se não for real não engana ninguém) e sim a banda que vive o que prega e nesse ponto o Rodox sempre deixou muito a desejar. Atitude hipócrita com os fâs é subir num palco só pela grana, é fazer parte de uma banda que não concorda com a mensagem que ela mesma canta.
Realmente sou diferente de todos ali dentro, cada dia mais. Entreguei minha vida a Cristo sem reservas, minha prioridade é servi-lo levando muitos ao arrependimento e salvação através da sua palavra, mesmo que isso gere retaliações, calúnias, acusações como se tem visto aqui mesmo no site. Aliás me impressiona como pessoas que ontem me defendiam e me abraçavam mudaram de idéia tão rápido. Mas eu sei como funciona, basta uma idéia errada. Realmente não me importa nem um pouco o que pensam de mim, me importa o que Deus pensa de mim. Nada vai me parar.
Eu comecei a banda e eu mesmo tomei a decisão de parar com os trabalhos (o que não significa acabar com nada), pois realmente do jeito que estava não dá pra continuar. Deus é santo e assim tem que ser tudo o que levar o seu nome.
Pra terminar queria dizer que ao contrário do que o Fernandão disse a respeito de músicas novas, existem 3 delas que estão gravadas e ficaram demais. Peçam com jeitinho que ele libera em mp3.

A vida continua e quem está na linha vai seguir.

Que Deus abençoe a todos.

Rodolfo Abrantes, servo do Deus altíssimo. Balneário Camboriu, 09/08/2004".]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

Posts