31 de mar de 2010

Santo Porre























Se você fez um compromisso, ao menos honre-o.
Se você optou por alguma coisa, faça direito porque a escolha foi exclusivamente sua.
Se você não vive de acordo com o que se comprometeu e escolheu, pare de se dizer algo que não é, é muito mais digno.

Quem quiser beber, bebe, quem quiser fumar, que fume, quem quiser pegar geral, sai pegando, é muito simples. Só não sai pagando de santo depois, faça o que quiser, mas faça de cara lavada! É muita cara-de-pau de muita gente sair por aí tomando porre e qurendo viver a vida "baladeirinho(a)" em nome de Jesus. Deixa o cara de lado!
Não tenho nada contra quem quer fazer certas coisas, nadinha, cada um tem sua vida e suas escolhas e ninguém tem o direito de interefeir na escolha de cada um, mas a questão é justamente essa: escolhas.
Se um dia você se comprometeu a fazer diferença, mas está sendo simplesmente igual ao resto do mundo, você acha mesmo que seu compromisso vale de alguma coisa? Se nos lugares que você anda indo, as suas baladas de fim de semana, você anda sendo apenas mais um igualzinho ao resto, me desculpe, mas é melhor você renunciar seu compromisso.

Acho que Jesus ralou demais por aqui pra depois ter seu nome tão banalizado por atitudes tão imaturas.

Muita coisa não está na biblia com todas as letras que criamos na modernidade, acho que na época ainda não existiam, as palavras maconha, malboro, cocaína, absolut, insira aqui o nome do inferninho que você gosta ........, e afins. Mas a questão é a coerência que você tem com suas escolhas, com o que você diz acreditar e viver por aquilo. Se tornar igual é fácil, ter prazeres deliciosos momentâneos "sem referência bíblica" também, difícil é honrar seu compromisso e ter dignidade no caminho pelo qual você decidiu andar.
E o pior é que tem gente que ainda convida outros pra cair no buraco junto!

Não basta ter um caminho, precisa ter dignidade ao percorre-lo.

Isso aqui não é nenhum disrcurso moralista, é realista.
Todos nós erramos e tropeçamos. Mas quando isso é intencional e na cara dura só porque o trouxa lá de cima vai te perdoar, aí a história já é outra. Erro consciente é burrice!
Acontece com todo ser humano, mas qual tem sido a fequência, motivação, causas e intenção?

Estamos na geração que descarta o "não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus" (rom 12:2)

Ontem vi pela milésima vez um dos meus filmes favoritos, "8mm" com o Nicolas Cage, e uma das falas que eu mais gosto é quando um funcionário da indústria pornográfica indaga sobre o que o personagem principal acha sobre a sujeira da pornografia ilegal, ele diz que não se excitou de forma alguma, mas que não o chocava mais, e nessa hora o funcionario disse: "tá vendo? eles já estão entrando em sua mente."
Você sabe que é errado mas está lá cheirando o que é risco? Sabe que não quer mas já tá tudo "normalzinho"?
É, já estão fazendo sua cabeça...

Jesus levaria seus amigos onde você está levando?
Em qual copo Jesus pararia?
Jesus trataria o menininho(a) da forma que você trata (na base do beijo e sexo)?
Jesus sentiria prazer de ir em alguns lugares que você sente prazer?
Com que intenção Jesus estaria onde você está? 

Texto de Amanda Cardoso

Um comentário:

  1. Leonardo Sena31/03/2010 14:15

    Incrível ler isso agora, ontem mesmo na célula em minha igreja estavamos falando sobre isso, sobre a diferença que um cristão faz lá fora. Muitas vezes estamos sendo iguais aos outros, e queremos chegar ao limite da santidade, onde se você ultrapassar estará se tornando um pecador. Isso não existe, devemos nos afastar o máximo do pecado, sem nos importarmos com limites. E se não ta afim sai fora, Deus não precisa de falsos adoradores, aqueles que sentem falta do que deixaram para trás(meninas, bebidas, baladas), precisa de adoradores em espírito e em verdade. Faça a diferença!

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget

Posts